Pinturas de Armanda Passos, minha pintora preferida.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

A LIGA DA DUQUESA

A senhora duquesa, uma beleza antiga,
de bastão de faiança, de cabelo empoado,
certo dia, ao descer do seu estopim dourado
sentiu desapertar-se o fecho de uma liga.
Corou. Quis apertá-lo (ao que o pudor obriga).
Mas, voltou-se, olhou... Tinha o capelão ao lado.
Mais um passo e perdeu-se o laço desatado,
e rebentou na corte uma tremenda intriga.
Fizeram-se pregões. Marqueses, Condes, tudo
procurava, roçando os calções de veludo
por baixo dos sofás, de joelhos pelo chão...
E quando já ninguém mais esperava - que surpresa! -
Foi-se encontrar por fim a liga da duquesa
no livro de orações do padre capelão.

Sem comentários:

Enviar um comentário