Pinturas de Armanda Passos, minha pintora preferida.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

POLÍTICA DO TANTO-MELHOR ,TANTO-PIOR

O médico Tanto-Pior ia ver um doente, que o seu confrade Tanto-Melhor igualmente visitava. O primeiro, sempre funesto, afirmava que o doente morreria dentro de pouco tempo; O segundo, que escaparia.
Entretanto o doente morreu, e ambos se vangloriavam de ter razão. O Tanto-Pior, porque sempre soubera que o doente morreria. O Tanto-Melhor, porque, se morrera, fora por não ter tomado os medicamentos que ele receitara.
Vem-me à cabeça que ao longo da nossa democracia, se assim lhe podemos chamar, a alternancia entre os dois maiores partidos tem sido uma realidade. Porém, e após o trabalho ao longo destes anos, verificamos que os resultados estão à vista e mesmo assim, os dois continuam donos da razão, não trazendo qualquer esperança aos eleitores de que esta alternancia habitual e funeste, traga o que todos nós sempre desejamos. Tal como na história, o cidadão está condenado a morrer por culpa própria!!

1 comentário: